Blog

Oferecer um bom produto basta para o plano de licenciamento ter sucesso?

28 de junho de 2022

blog-plano-licenciamento

Muitas pessoas acreditam que basta oferecer um bom produto para licenciar. Este é um dos maiores erros de empresas que buscam um plano de licenciamento como forma de alavancar as vendas.

Mas pera aí, para tudo!
Quer dizer que o produto não é o mais importante?
Claro que é importante, mas ele não é o principal fator de sucesso do seu projeto de licenciamento. Vou explicar:

Alguns empresários acreditam que, ao fechar um negócio com o Flamengo, por exemplo, imediatamente milhares de pessoas irão bater em sua porta procurando o produto para comprar. Afinal, em todo jogo do Flamengo têm 60 mil pessoas no estádio, é factível pensar que essa nação de pessoas compraria ao menos um produto e o faturamento iria para a casa dos zilhões. É muito comum empresas nos procurarem com esta falsa crença.

Plano de licenciamento

Estou falando tudo isso para mostrar qual a parte mais importante de um plano de licenciamento: o canal de venda. Ou seja, como sua empresa irá comercializar os produtos licenciados? Como o consumidor final vai realizar a compra do produto?
O canal de venda é o motor que pode fazer seu plano de licenciamento explodir, ou não.

Imaginando que A é a nota máxima e B é a nota mínima, se me perguntarem o que eu prefiro: um produto A com um canal de venda B ou um produto B com canal de venda A, não tenho dúvidas em responder.

SEMPRE, do verbo “TODA VEZ”, vou defender que a segunda opção é a melhor. Do que adianta o produto mais legal do mundo se ele não chega na prateleira da loja preferida do fã? Por isso eu sempre bato na mesma tecla ao conversar com qualquer empresa licenciada.

Qual seu canal de venda? Como você vende seu produto? Como ele chegará até o consumidor final?

Sem uma resposta positiva para estas perguntas, já sei que o projeto de licenciamento corre alguns riscos e, fatalmente, não terá uma performance adequada. Tá bom, mas como funciona essa questão de canal de venda? O que é isso?

Canal de venda é o meio que a indústria utiliza para comercializar o seu produto. Algumas indústrias possuem representantes externos, que vão de loja em loja realizar o pedido. Outras possuem vendedores internos, que fazem ligações e contatos por email para realizar vendas, outras comercializam através de distribuidoras, ou seja, vendem sua produção para alguém que vai revender para os lojistas.

Canal de venda

Ainda tem aquelas que possuem conexão direta com o consumidor final, seja através do próprio e-commerce, marketplace ou loja física. Apenas para exemplificar todo o caminho de um produto licenciado até chegar na prateleira da loja:

1) a indústria e a marca fecham o acordo do licenciamento;
2) a indústria começa a produzir os produtos e vender;
3) assim que os produtos são finalizados eles são despachados para os lojistas que realizaram a compra. Os lojistas, então, ao receber os produtos disponibilizam para venda para seus clientes.

Note que esse processo pode levar de 90 a 360 dias para acontecer. Por vezes, até passa de um ano, dependendo da complexidade da negociação e da produção. Enfim, espero ter contribuído um pouco para que você entenda a importância do canal de venda.

No vídeo abaixo falo um pouco sobre o tema e também sobre a importância de utilizar seus canais de venda para aprender sobre quais marcas licenciar.

Link para o YouTube.


Blog-Garantia-Mínima

De uma forma bem simples, Garantia Mínima ou Valor Mínimo Garantido, em licenciamento de marcas, é o valor solicitado pela marca como antecipação dos royalties para assinar um…

blog-royalty-cobranca

O assunto de hoje é sobre uma palavra muito utilizada em licenciamento de marcas: ROYALTY. Você sabe o que são os royalties, que tanto se fala ao negociar…

Você sabia que, ao realizar o pagamento de royalties para um clube de futebol, é necessário reter INSS? Olá! Algumas empresas licenciados possuem dúvida acerca da retenção de…