A gente já explicou aqui no blog por que licenciar pode ser bom para a sua empresa. Ok, mas aí você pode se perguntar: este tipo de negócio funciona no Brasil? A resposta é sim, tanto que estamos entre os oito países com maior faturamento em licenciamento de marcas do mundo. Vamos demonstrar em dados para você compreender melhor. Confira abaixo os números estimados pela ABRAL (Associação Brasileira de Licenciamento):

– 600 licenças disponíveis, das quais 75% são estrangeiras;
– 50 agências licenciadoras;
– 1.300 empregos diretos e milhares de empregos indiretos.

Propriedades mais exploradas:

– 70% do mercado de licenciamento são propriedades ligadas ao entretenimento;
– 20% do mercado de licenciamento são de propriedades corporativas;
– 10% do mercado de licenciamento são propriedades ligadas ao esporte.

Segmentos que mais utilizam licenciamento:

– 1º Confecção;
– 2º Brinquedo;
– 3º Papelaria;
– 4º Personal Care.

Faturamento em 2016 (R$):

– Varejo: 17 bilhões e 850 milhões de reais – crescimento de 5% em relação ao ano de 2015.

Faturamento em 2017 (R$):

– Varejo: 18 milhões.

Faturamento em 2018 (R$):

– Varejo: 18 bilhões e 900 milhões de reais – crescimento de 5% em relação ao ano de 2017.

Faturamento em 2019 (R$):

– Varejo: 20 bilhões de reais – crescimento de 6% em relação ao ano de 2018.

Faturamento em 2020 (R$):

– Varejo: 21 bilhões de reais – crescimento de 5% em relação ao ano de 2019.

Depois de ver como o licenciamento de marcas no Brasil é um negócio que cresce ano após ano, ficou interessado em saber mais sobre o processo?

Então deixe a Destra ajudar a sua empresa a crescer! Clique em um dos links abaixo para mais informações:

  • Sou uma marca e quero gerenciar meus contratos de licenciamento ou gerar novos negócios! (Licenciador)
  • Sou uma empresa e quero licenciar produtos! (Licenciado)

 

Fonte: ABRAL (https://abral.org.br/) e LIMA (https://licensinginternational.org/)

Por Bruno Koerich